Sua Viagem

Guia completíssimo de como dormir bem no avião

Guia completíssimo de como dormir bem no avião
Google Images

Fazer uma viagem tranquila pode ser um pesadelo pra muita gente! Tem quem ‘desmaie’ de sono antes
do avião decolar, mas também quem não prega o olho mesmo tomando uma bebidinha ou remédio! E
não descansar em um voo longo pode custar caro: você vai ficar exausto e sem energia para fazer a
programação do primeiro dia (caso já tenha se organizado para isso!).
Então, pra dar aquela mãozinha, vou compartilhar algumas dicas que podem te ajudar a ter uma boa
noite de sono durante um voo!

Tudo começa antes mesmo de você decolar!
Sim…. é isso mesmo! Vamos combinar que ninguém merece ficar naquelas poltronas bem na frente dos
banheiros. Primeiro, pelo movimento que vai ter durante todo o voo, e segundo que o banco não
reclina! Relaxar assim vai ser beem difícil. Escolher um bom lugar no voo também tem a ver com o quão
disputado ele pode estar. Um voo no final de semana provavelmente vai estar mais cheio do que um
voo numa terça ou quarta-feira.

Quando for comprar sua passagem, pense onde você ficaria mais confortável e tranquilo (seja na
janelinha, ou no corredor!). Se puder, opte por uma viagem sem escala. Além de ser mais prático, vai te
poupar energia e garantir umas horinhas a mais de sono!

Ah! O horário! Vai ser difícil dormir o voo todo se ele for diurno. Então, dê preferência pelos voos
noturnos!

Leve acessórios que te ajudem na missão!
Agora que você já tem o assento ideal, no voo ideal, vamos aos acessórios ideais (e porque não,
essenciais!). Para uma boa noite de sono em um avião, vale tudo: de travesseirinho, a encosto de fom,
remédio, protetor de ouvido e aquela mantinha extra bem fofinha (que só de pensar, a gente já
boceja!). Pra ajudar, afivele o cinto sobre a coberta. Assim fica mais difícil ela escorregar durante o voo e
os comissários não terão dúvidas de que você está seguro!

Dica caso você não tenha conseguido escolher o melhor assento e esteja nas poltronas do meio: use sua
almofada de pescoço ao contrário, com o encosto próximo ao queixo. Assim você terá um melhor apoio
para a cabeça e não precisará se preocupar em ‘cair’ nos ombros dos vizinhos de viagem! Rs
Para os olhos, muitas companhias aéreas têm fornecido nos kits de viagem máscaras para dormir, mas
se você não tiver, vale até um boné… tudo pra deixar a luz mais fraca! Já os protetores de ouvido são
baratinhos e valem a pena! Mais caros, e totalmente eficientes, são os fones com cancelamento de
ruído!

Agora, se você quer o pacote completo, vale lembrar de um acessório não tão comum. Leve um
frasquinho com óleos essenciais em sua mala de mão para afastar odores estranhos e ajudar a relaxar! É
tiro e queda!

Mas lembre-se: nada disso vai adiantar se você estiver vestindo algo desconfortável! Além de não te
deixar relaxar, pode ser prejudicial à saúde!

Ou então… aquele remedinho infalível!
Se precisar de um empurrãozinho extra, lembre-se que remédios podem ser a solução. Para isso, fale
com o seu médico e esteja atento aos efeitos colaterais!

Dica: voar, em geral, faz a gente desidratar. É importante beber água durante o voo para superar o ar
seco da cabine. Se preferir beber algo alcoólico para ajudar a relaxar, não misture a bebida com pílulas –
o que pode desidratá-lo ainda mais e exagerar certos efeitos colaterais, como sensibilidade a altitude.

Ah! E não esquece de conferir o meu post sobre os cuidados para levar remédios em viagem!

Evitando o jet lag…
Se estiver atravessando vários fusos horários durante um voo, não tem jeito… o “jet lag” pode ser um
problemão. Qualquer voo que atravesse mais de quatro fusos horários – como numa viagem de Nova
York para Londres – vai deixar seu relógio biológico todo bagunçado! O resultado, “jet lag”, é o seu
corpo lutando para se ajustar à sua nova hora local. Normalmente, nosso corpo se ajusta a um novo fuso
horário a uma taxa de cerca de uma hora por dia, então você pode ficar sem sincronia por um tempo.

Além de afetar o nosso ciclo de sono, ficar com o relógio biológico desajustado também interfere em
nosso metabolismo, temperatura corporal, liberação de hormônios, humor, sede e apetite.

Então, agora você já sabe: planeje-se para quando estiver no avião e aproveite seu tempo nos ares
descansando ao máximo para aproveitar beem seu precioso tempo de férias!



Deixe um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*